Início

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Perdida - Um amor que ultrapassa as barreiras do tempo. - Resenha


Perdida

Perdida
Autor: Rissi, Carina
Editora: Baraúna


Sinopse:

"Sofia vive em uma metrópole e está habituada com a modernidade e as facilidades que isso lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor à menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda do prestativo Ian, Sofia embarca numa procura às cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam levá-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...".

Resenha:

Aquele romance água com açúcar que faz a mulher mais dura e séria rir muito com uma situação envolvendo folhas de alface, e também chorar, mesmo que apenas uma lágrima discreta, está em Perdida, livro de estreia da autora Carina Rissi.

É leve, e empolgante, e bestinha e tão fácil de ler que acabo por me perguntar se o que tenho em mãos é obra verdadeira de uma de autora nacional, mas é!!

A capa já de cara chama a atenção, pela disparidade gritante de um vestido de festa todo elegante combinado com um par de tênis cano longo vermelho. E quando as palavras da história começam a penetrar pelos olhos, o encanto e a ânsia de saber o que virá na página seguinte, nos deixa totalmente a mercê da vontade da autora.

 Para quem procura fatos mirabolantes e longos dramas angustiantes, não recomendo a leitura. Mas, para quem quer sair do marasmo das tragédias e sentir na delicadeza de uma história de amor, a submissa impotência frente a esse sentimento tão poderoso, é um prato cheio!

Minha opinião: Adorei! Gosto dos textos complicados e cheios e intrigas. Mas quando o leve surge em minhas mãos, me delicio com a sutileza de um autor que consegue prender o leitor sem precisar de muitos enfeites.

Lu. Franzin 




*Nota. - Todas as resenhas expostas nesse blog são de minha autoria e responsabilidade, elas expressam a “minha” opinião pessoal a respeito dos livros lidos. Não é meu interesse denegrir a imagem de nenhum autor, e nem influenciar os novos leitores de maneira negativa ou positiva a adquirirem ou se absterem de alguma obra.
 

Um comentário:

  1. Curti muito a resenha!
    Quero ler o livro. Gosto desses romances que fazem a gente rir e são instigantes.
    Parabéns pelo blog!
    bjos

    Juliene Farnez
    http://entrereaiseutopias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postagens ofensivas com palavras vulgares serão excluídas.